SIGA-ME NO GOOGLE+ BADGE

domingo, 24 de junho de 2012

OLHO TUAS FOTOS

Olho tuas fotos 
Em minha retina tua imagem 
No vôo de meus pensamentos 
O amálgama visceral que nos une 
Transpasso com fervor tua imagem 
E sou assim diluído em teus fluidos 
Tangenciando teu tridimensional ser 
Nas partículas de teus sensuais sentidos 
Essa pérola na concha de minha existência 
Desejo-te sem tergiversar fatos e atos 
Hodiernamente disserto sobre esse elo 
Divagando sobre o demiurgo dessa união 
Mas sem alusões ou superficialidades 
Apenas centrado na verve de tua presença 
Que me deixa sequioso por teu intenso ardor 
Merecedor de todo meu mais sincero encômio 
Pela catarse libertária que perpassa meu coração 
Sinto o fruir de tua singularidade em meu mundo 
Sorvendo as delicias que fluem de teu corpo indolente 
No irrefutável desejo por teus indomáveis desejos 
Galgo o cume de tua predominante presença 
Nas noites em que meu corpo clama por ti 
E imagino-nos entrelaçados por idílico amanhecer 
Ligados pelo suor que lembra toda noturna entrega 
Num delírio de pura contemplação por tua saciedade 
Ouso ser o timoneiro da embarcação de tuas fantasias 
Navegando por oceanos de prazeres corpóreos 
Onde tudo em nós transmuta-se em apaixonante prazer 
www.recantodasletras.com.br/autores/leilson
Postar um comentário